Quando falamos sobre câncer de mama, não há mulheres ou supermulheres. Esse é o mote de uma campanha idealizada pela agência DDB, em Moçambique, para Associação da Luta Contra o Câncer (ALCC), que usa super-heroínas para promover o combate à doença.
Mulher-Gato, Mulher-Maravilha, Tempestade e Mulher-Hulk são as estrelas da campanha, e aparecem com as mãos nos seios, em alusão ao autoexame. Os posters, em linguagem de HQ, ensinam que é preciso apalpar as mamas todo mês e, na dúvida, entrar em contato com o médico.
Especialistas defendem que o autoexame é importante para detectar tumores, mas não substitui o exame periódico feito pelo ginecologista, nem a realização periódica de exames como a mamografia e o ultrassom, capazes de detectar o câncer em estágio precoce – fator determinante para a cura da doença.

Comentários
COMPATILHAR: