Em meio à pandemia do coronavírus, as pessoas começam a encontrar dificuldades para sobreviver. Mesmo assim, muitas delas mantêm a fé e a esperança, como mostra o depoimento de uma mãe de um dos alunos do Tatame do Bem, da unidade 4, do bairro Geraldo Veloso.

Nessa quarta-feira (29), ela recebeu cestas básicas, a partir da iniciativa da equipe Muniz Advocacia, que reuniu amigos e parceiros para levar comida para essas famílias.

Segundo o associado Thiago Muniz, “essa ação é o mínimo que podemos fazer, tendo em vista que só vamos conseguir sobreviver a essa fase difícil com o envolvimento de todos, e gestos de generosidade”.

“Que Deus abençoe todos vocês. Chegou numa hora boa, porque estava precisando. Espero que em breve tudo volte ao normal, porque é muito difícil segurar os jovens em casa. Que Deus abençoe e proteja todos vocês, acolhendo e ajudando várias pessoas. Tudo isso que está acontecendo é bom para que todos entendam que é hora de nos unirmos mais e mais. E lembrar que todos nós somos um só e que ninguém é melhor do que ninguém. Espero que tudo volte ao normal, rapidamente, porque o meu filho sente falta”, relatou a mãe.

 O presidente do Tatame do Bem, Rodrigo Assalin, agradeceu a toda a equipe que se mostrou sensibilizada pela situação e se dispôs a ajudar, mesmo em um momento em que todos têm sentido os efeitos deste problema que assola o mundo inteiro. “Sabemos que o momento é de dor, mas encontrar quem abraça a dor dos mais necessitados, é muito valioso para nós e nossa causa”, afirmou.

Comentários