O técnico do Atlético-MG para 2008 não será Emerson Leão. O treinador se reuniu com o diretor de futebol do clube, Beto Arantes, em São Paulo, e explicou que não chegaram a um acordo sobre as bases salariais.
Infelizmente não deu certo, apesar de toda a boa vontade do clube, que sabe que pode contar comigo para tudo o que precisar. O presidente me ofereceu 50% a menos do que eu ganhava, então fica difícil. Temos que respeitar a situação financeira do clube, pois o Ziza [Valadares, presidente] disse que não poderia pagar o ano inteiro o que ele fez durante um período de emergência, disse Arantes.
Eu me sinto como um 007 que chegou em uma missão impossível. Hoje o torcedor do Atlético-MG pode estar terminando o ano triste com a saída do seu treinador, mas feliz pela apoteose aqui em São Paulo, contra o Palmeiras, e pelo momento que terminou a equipe, disse Leão.

Cruzeiro
Ontem também ficou decidido em uma reunião entre Dorival Júnior e o diretor de futebol do Cruzeiro, Eduardo Maluf, que o treinador não permanecerá no clube em 2008.

Comentários
COMPATILHAR: