Da Redação

O ex-prefeito de Formiga e ex-deputado estadual Eduardo Brás Neto Almeida se pronunciou por meio de uma de suas redes sociais no fim da manhã desta segunda-feira (6), para manifestar indignação diante de informações que circulam por toda a mídia do Estado, em especial nos últimos dias, a respeito da transferência de detentos da Penitenciária Nelson Hungria, localizada em Contagem, para unidades prisionais do Estado, incluindo a Penitenciária Regional de Formiga.

Nos últimos meses, mais de uma centena de detentos, muitos deles de alta periculosidade, chegaram à terra das Areias Brancas, vindos da região metropolitana de Belo Horizonte. Porém, alguns desses já foram novamente transferidos para outras unidades.

O temor de Eduardo é que, com a mudança de categoria da Nelson Hungria, que deixará de ser uma unidade de segurança máxima, a Penitenciária de Formiga fique com o ônus de receber autores de crimes graves e bárbaros praticados em todo o Estado.

Para que isso não ocorra, o político solicita no vídeo que deputados estaduais e federais e senadores que receberam votos em Formiga, juntamente com lideranças da cidade, evitem que essas transferências permaneçam.

“Não podemos aceitar uma situação como essa calados!”, diz Eduardo, que complementa: “Não é possível que esse será o presente que o governador Romeu Zema dará para Formiga. Não é possível que nossas famílias vão continuar vivendo com essa insegurança e com esta instabilidade”.

Para Eduardo, mudanças radicais no perfil de detentos recebidos pela Penitenciária de Formiga não podem ocorrer sem antes a população ser ouvida. “É preciso que todos se unam para que essa decisão seja revogada”, diz o ex-prefeito.

COMPATILHAR: