A baixa umidade do ar bate recorde em Minas e atinge níveis críticos, principalmente na região do Triângulo. Nesta sexta o índice fica em torno dos 9% em Uberlândia, o mesmo registrado na tarde dessa quinta-feira e que se equipara aos índices registrados em desertos. Segundo o MG Tempo Cemig PUC-Minas, o registro é o menor desde 2002 quando começou a ser feito pelo Centro de Climatologia.
Todo o Estado segue com baixa umidade e nesta sexta bate novo recorde no ano, com a marca em torno dos 23%. As ocorrências de baixas umidades estão sendo provocadas por causa de uma forte massa de ar seco que está sobre as regiões Sudesde e Centro-Oeste do país, ocorrência típica deste período do ano.
O tempo deve mudar a partir deste sábado, quando uma frente fria, que está avançando pelo litoral do Sudeste, vai contribuir para um aumento na umidade relativa do ar nas regiãoes sul, triângulo e leste de Minas. A previsão é que fique em torno de 30% nessas regiões. No entanto, a situação permanece de alerta. Já a temperatura máxima fica em torno dos 29 graus no estado. Ainda segundo o MG Tempo, os mineiros só devem matar as saudades das chuvas em setembro.

Dicas
Para tentar evitar os males à saúde durante o período de ausência de chuvas e frio, o Ministério da Saúde, a Secretarias Estadual de Saúde e o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) recomendam cuidados com a alimentação, hábitos e dicas simples que podem ser colocadas em prática em casa.
Alimentação
– Comida: a dica é substituir alimentos fritos pelos assados, que facilitam o processo de digestão e consumir frutas e verduras ricas em vitamina C
– Líquidos: é recomendada a ingestão freqüente de líquidos –como água, sucos naturais e água de coco– e de alimentos saudáveis –principalmente frescos
Limpeza de casa
– Faxina: é eficaz para evitar o acúmulo de poeira. Se a pessoa tiver alergia, é recomendável evitar tapetes e cortinas
– Vassoura: evite. É melhor usar aspirador e pano úmido
Umidade
– Bacias com água: elas melhoraram a umidade do ar, assim como o uso de toalhas molhadas
– Vaporizadores: também são eficazes
Higiene pessoal
– Banhos quentes: apesar do frio, evite banhos muito quentes. Eles ressecam a pele
– Cremes: auxiliam na hidratação
– Olhos e narinas: uso de soro fisiológico evita o ressecamento
Roupas
– Boné e roupas leves protegem contra os efeitos do sol e do calor da seca
– Roupas de frio: peças feitas com lã podem conter ácaro. Antes de tirá-las dos armários, a dica é lavá-las
Exercícios físicos
– Horário: o mais recomendável é evitar exercícios físicos ao ar livre entre 10h e 16h
– Intensidade: modere. O tempo seco reduz a capacidade do corpo para a prática de atividades
Hábitos e vícios
– Aglomerações: evite ao máximo, principalmente em ambientes fechados. Prefira locais arejados, mas protegidos do sol
– Fumo: não fume. Os alérgicos devem evitar locais com ambientes de cigarro

Comentários
COMPATILHAR: