Durante a reunião da Câmara Municipal, na segunda-feira (2), o vereador Arnaldo Gontijo (PSL) apresentou e leu parcialmente o laudo obtido a partir da degravação de provável negociação entre uma testemunha e a parte interessada em direcionar seu depoimento. A transcrição do áudio foi feita por perito da Polícia Civil (credenciado para tal).
Da transcrição, constam trechos de diálogos mais que comprometedores, entre o candidato a vereador, nas últimas eleições, Thiago Pinheiro e o pai dele que, supostamente, teriam tentado convencer testemunhas a depor em desfavor do vereador eleito, Arnaldo Gontijo, em processo que tramita junto à Justiça Eleitoral, nesta cidade.
Em alguns trechos da degravação, o nome ?Marquinho Sallum? aparece. É dito ainda, que todo o plano para tentar cassar o mandato do vereador Arnaldo foi arquitetado durante reunião que contou com a presença de Salum e demais interessados (Thiago, seu pai, e advogados).
Da transcrição do diálogo constou também a informação de que o lobista já havia conseguido tomar para si as direções de partidos como o PTB e PSB, valendo-se de métodos pouco convencionais e contando com a conivência de outros ?figurões? envolvidos.
Arnaldo garante que a banca de advogados que o defende irá ao final, processar todos aqueles que, ele próprio chama de caluniadores e denunciou que o advogado que patrocina a causa de seu adversário é o mesmo pago pelo município e que tem agido como defensor do atual prefeito em causas particulares e em outras contra o ex-prefeito Juarez Carvalho, vereador Mauro César e contra o ex-prefeito de Córrego Fundo, João Vaz,além de atuar em outras causas de interesse dos atuais detentores do poder no município.
Para Arnaldo, o advogado em questão é um ?desembargador aposentado por improbidade, que está a serviço de Marcos Salum?. ?Estou sendo processado e caluniado por objetivos meramente políticos?, concluiu.
Segundo Arnaldo, a cópia da degravação na íntegra, não poderia ser liberada à imprensa uma vez que nela constam outros nomes de testemunhas e algumas citações que são objeto de sua defesa e, portanto, ainda não poderiam ser trazidas ao conhecimento público. Disse também esperar que a justiça acelere a tramitação do processo para que a verdade enfim, apareça e a justiça se faça, condenando os criminosos que no afã de prejudica-lo e na defesa de interesses escusos (sabe-se lá de quem), arquitetaram e patrocinaram este absurdo.
O advogado de Arnaldo, Diego Borges Cruvinel, OAB/MG 108.009, instado pela reportagem a falar sobre o assunto, ao mesmo tempo em que dele foi solicitada a cópia integral da degravação, informou que não era possível atender a este pedido ? cópia da degravação ? e se limitou a responder: ?Sobre o mérito do referido processo que se encontra em segredo de justiça, entende-se ser mais prudente aguardar o veredicto do nobre julgador, confiantes de que o Poder Judiciário irá cumprir fielmente o seu papel e fazer justiça, demonstrando a toda sociedade Formiguense a verdade, fazendo prevalecer a vontade do povo, demonstrada nas urnas nas últimas eleições?.
Ouvindo a outra parte:
Interpelado sobre o assunto, o ex-candidato a vereador, Thiago Leão Pinheiro (PPS)afirmou em entrevista ao Jornal Nova imprensa que acha ?estranho que só agora faltando poucos meses para a realização de nova audiência, tenham aparecido tais provas. Não tive acesso à íntegra da ?suposta? gravação?.
Questionado sobre os diálogos já degravados por perito oficial, nos quais ele e seu pai figuram como interlocutores de testemunhas que estariam sendo aliciadas, disse: ?Não nego nem confirmo a veracidade dos diálogos. O tempo e a Justiça dirão quem está falando a verdade?.

Confira o áudio

Comentários
COMPATILHAR: