Os vereadores aprovaram na reunião de segunda-feira (12), três projetos beneficiando a educação em Formiga. O projeto de lei 245/2010 institui a concessão de gratificação especial no valor de R$ 1.200 aos professores e profissionais que exercem atividades de suporte pedagógico na educação básica do município de Formiga.
Alguns vereadores ressaltaram que, na verdade, gostariam de aprovar um reajuste salarial para a classe, ao invés de um abono salarial. Na ocasião, foi ressaltado que o secretário de Educação, Geraldo Reginaldo de Oliveira, e o prefeito Aluísio Veloso/PT estudam a possibilidade de criarem projetos para gratificação especial para os professores e aumento de salário.
Entretanto, os vereadores defendem que é importante valorizar todos os funcionários da Educação, como diretores, serviçais, cantineiras, zeladores, secretárias, pois todos contribuem para a escola progredir. Na ocasião, foram feitos questionamentos sobre o porquê de as outras categorias não estarem nesse projeto, inclusive com pedido de informação para a Secretaria de Educação. Ainda foi alegado que o secretário de Educação teria dito em uma reunião que os demais servidores também receberiam uma gratificação e que esses servidores não sabiam que o projeto estava em tramitação e esperavam também ser contemplados.
Ainda durante a reunião, os vereadores comentaram sobre a colocação do município de Formiga no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2009, quando a cidade esteve na 58ª posição considerando-se as escolas municipais de 1ª a 4ª série.
O projeto de lei 246/2010, também aprovado pelos vereadores, autoriza a abertura de crédito suplementar no valor de R$ 1.320.993,90 para reforçar a dotação orçamentária da Secretaria Municipal de Educação para várias ações e conclusões. A verba será usada para novas instalações da sede própria da Secretaria de Educação, manutenção do serviço do transporte escolar, equipamentos para ensino esportivo, novas instalações de escolas infantis, aquisição de imóveis, alimentação escolar em creches.
Repasse para aquisição de equipamentos
O outro projeto aprovado na Câmara Municipal foi o de lei 244/2010, que autoriza abertura de crédito especial no valor de R$ 100 mil, visando criar dotação orçamentária para aquisição de equipamentos para o desenvolvimento do ensino infantil – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDS) e material de consumo.
O secretário Geraldo Reginaldo foi procurado para falar sobre o assunto, mas encontra-se de férias. A secretária adjunta também não foi encontrada.

Comentários
COMPATILHAR: