A Unidade de Pronto Atendimento de Formiga (UPA), localizada ao lado da Santa Casa de Caridade, atenderá exclusivamente pacientes com Covid-19. Serão mais 28 leitos de enfermaria. Ao todo, a cidade passa a contar com 92 leitos de enfermaria disponível para o tratamento da doença.

A partir das 19h desta terça-feira (23), a população que precisar de serviços de Pronto Atendimento não Covid-19 devem procurar o Hospital Santa Marta. Lá serão realizados os atendimentos de urgência e emergência.

Todos os pacientes que estavam na UPA, e que não estão com Covid-19, serão transferidos para o Hospital Santa Marta ainda nesta terça. A decisão foi necessária devido ao agravamento da situação epidemiológica do município que registra ainda um aumento de novos casos da doença e a necessidade de internação.

Na manhã desta terça-feira, o Hospital de Campanha, montado no Ginásio Vicentão, estava com 34 pacientes em observação, sendo que a capacidade inicial de atendimento seria para 30 pacientes. Três óbitos foram registrados nas últimas 12h. Os pacientes estavam na UPA aguardando vaga de UTI.

Março tem sido o pior mês desde o início da pandemia em Formiga. Até nessa segunda-feira (22) foram registrados 1.757 novos casos da doença, número bem maior que todos os casos juntos registrados em janeiro e fevereiro (1.373). Este mês, 29 pessoas perderam a vida em decorrência de complicações da Covid-19. Nos dois primeiros meses do ano foram 29 óbitos por causa da doença.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Leandro Pimentel, o resultado das medidas restritivas da Onda Roxa só deverão ser sentidas no início de abril. Os casos atuais são, em sua maioria, de pacientes que contraíram a doença antes do início das medidas mais restritas do Programa Minas Consciente.

É necessário que toda a população siga as orientações: fique em casa, não aglomere, use máscara e álcool em gel. É preciso a colaboração de todos!

Fonte: Decom

Vídeo: Decom
Comentários