Quem está à procura de emprego, de estabilidade, e – por que não? – de uma vida mais calma no interior pode escolher entre os vários concursos abertos por prefeituras do Estado.
Podem se candidatar pessoas de todos os níveis de escolaridade, para 2.019 vagas que vão de faxineira, cantineira e coveiro a médicos, dentistas e psicólogos, passando por fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais.
Os salários vão de pouco mais de um mínimo (R$ 545), no caso das funções que exigem menos estudo, a R$ 10 mil, que é o salário de médico psiquiatra na Prefeitura de Pompéu, na região Central do Estado, a apenas 164 km de Belo Horizonte.
As prefeituras de Gouveia (258 km da capital), com quase 12 mil habitantes, e São João do Pacuí, no Norte de Minas, com pouco mais de 3.000 moradores, contratam até coveiro, além de fisioterapeuta, fonoaudiólogo, motorista e office-boy, entre outros.

Comentários