Um morador, 30 anos, de Montes Claros foi diagnosticado com a variante Delta (originária da Índia) da covid-19, conforme a Secretaria Municipal de Saúde. É o primeiro registro da cepa no Norte de Minas. A constatação da variante ocorreu após análise aleatória de amostras pela Fundação Ezequiel Dias (Funed).

O homem teve a infecção confirmada em 20 de julho e não possui histórico de viagem para outras cidades, o que endossa a possibilidade de circulação local da cepa. A prefeitura estuda como o contágio pode ter ocorrido.

Ainda segundo a secretaria, o homem foi vacinado com a primeira dose da vacina anticovid-19. Estudos comprovam eficácia dos imunizantes contra mutações, contudo maior eficácia das vacinas depende da aplicação da segunda dose. Além disso, os imunizantes não inibem as chances de infecção e são responsáveis por evitar casos graves e mortes pelo vírus.

Variante delta 

A cepa — inicialmente chamada de B.1.617 e depois renomeada para Delta pela Organização Mundial de Saúde (OMS) — foi identificada na Índia em outubro de 2020. A mutação gerou uma onda severa de casos no país asiático. Também foi responsável por infecções em larga escala no Reino Unido e em Israel. 

Estudos apontam para maior potencial de transmissão da variante Delta. 

Fonte: Itatiaia

Comentários
COMPATILHAR: