O britânico Malcolm MacDonald afirmou que finalmente se sente um “homem de verdade”, após ter o pênis devolvido ao lugar certo. Ele ficou com o membro pendurado no braço por seis anos.

Após levar uma queda dentro de sua casa e descobrir uma terrível infecção sanguínea, em 2014, o homem teve o pênis colocado em seu braço. O homem passou seis anos com o órgão sexual alocado no seu membro e, agora, finalmente pode retirá-lo. As informações são do portal UOL.

O procedimento foi realizado após Malcom “perder o seu pênis antigo” e os médicos construíram um novo membro para ele.

O órgão tem 15 centímetros e foi colocado no braço de Malcolm porque o paciente não tinha oxigênio suficiente para sustentá-lo entre as penas.

No entanto, após um certo período o órgão sexual seria retirado do braço e colocado no local adequado. Mas devido a vários atrasos, entre eles a pandemia de Covid-19, fez com que o transplante fosse adiado por várias vezes.

Com isso, MacDonald ficou com o pênis em seu braço por um longo tempo e teve que aprender a esconder o membro.

Durante uma entrevista para o jornal The Sun, em 2020, o homem contou que precisou mudar os hábitos para esconder o membro do braço. Ele passou a usar roupas com mangas compridas e deixou de ir à praia.

Retirada do órgão

Após uma operação bem-sucedida, que durou cerca de 9 horas, o britânico finalmente se livrou do pênis.

“A primeira coisa que fiz foi olhar para baixo e fiquei tipo, ‘Oh meus dias. Eles conseguiram desta vez’”, comemorou.

“Eu me sinto como um homem de verdade novamente”, contou MacDonald em um dócumentário intitulado “The Man with a Penis on His Arm”, que vai ao ar nessa segunda-feira (2) no Reino Unido.

Fonte: UOL

 

Comentários
COMPATILHAR: