Na semana passada, o portal publicou em matéria, foto mostrando o serviço executado pela Prefeitura, em um trecho da rua Juquiti Alves Borges, no bairro Elza Dinorah, onde os moradores anunciavam que na primeira chuva o aterro não compactado iria ceder.

Nesta quinta-feira (10) devido a intensas chuvas que caíram na cidade,  a “profecia” se cumpriu, e mais uma vez o dinheiro público foi literalmente pelo ralo.

Assim fica fácil saber porque faltam recursos para custear outras despesas com: saúde, educação, merenda, transporte escolar, vale-alimentação, pagamento em dia, etc.

Redação do Jornal Nova Imprensa

Comentários