A Secretaria Municipal de Saúde realizou na segunda-feira, (21), no auditório do Edifício Antônio Vieira, uma reunião com os agentes comunitários de saúde rural. O objetivo é de orientar e capacitar as servidoras quanto às mudanças que estão acontecendo no sistema de informação do Ministério da Saúde.
Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde conta com 20 servidoras que realizam esse trabalho nas comunidades rurais do município, em 15 pontos de apoios existentes nas comunidades, que são responsáveis pela população local e prestam os serviços de consulta médica e de enfermagem, acompanhamento das gestantes, hipertensos, diabéticos e demais patologias; curativo, administração de medicamentos (injeções), coleta de preventivo, puericultura, administração de vacinas, visitas aos acamados e/ou mais debilitados são realizados em sua rotina.
As comunidades rurais que possuem pontos de apoio e oferecem tais serviços a aproximadamente 4.100 usuários são: Albertos, Baiões, Boa Esperança, Cunhas, Cerrado, Fazenda Velha, Gonçalves, Padre Trindade, Paneleiros, Pontevila, Rodrigues, São Pedro, Santa Luzia, Serrinha e Timboré.
Durante a reunião, foram repassadas à equipe de agentes as mudanças que estão ocorrendo no Sistema de Informação do Ministério da Saúde. As profissionais foram orientadas sobre o passo a passo para preenchimento correto dos novos formulários. Segundo a Secretaria de Saúde, sua atualização é de grande importância para gerar marcadores eficientes para implantação de políticas de saúde rural eficazes.
Na oportunidade, a rotina interna de cunho administrativo da equipe foi frisada para que eventuais dúvidas fossem sanadas, favorecendo assim melhor comunicação e agilização no auxílio aos usuários. A reunião foi conduzida pela enfermeira do Programa de Agentes Comunitários de Saúde, Luciene Cardoso, e pela servidora Marília Silveira, do setor administrativo da zona rural.

COMPATILHAR: