Nesta quarta-feira (2), cerca de 2,4 milhões de alunos de 3.795 escolas voltarão às aulas em toda a rede estadual de ensino de Minas Gerais.
Na terça-feira (1º), diretores, professores e funcionários já estarão nas escolas se organizando para receber os alunos na quarta. O dia anterior à volta às aulas marca oficialmente o início do ano escolar. Neste momento, professores e equipe pedagógica se reúnem para organizar as turmas, analisar as avaliações de desempenho dos alunos realizados no ano anterior, reverem suas metas e começar a elaborar o plano de trabalho para o ano que se inicia. Além disso, os diretores realizam reuniões administrativas com a equipe da escola para preparar o ambiente escolar que receberá os alunos.
Em 2011, os principais projetos pedagógicos da Secretaria de Estado de Educação (SEE) têm continuidade. Esse é o caso do Programa de Intervenção Pedagógica (PIP), projeto Acelerar Para Vencer, Escola de Tempo Integral, Escola Viva Comunidade Ativa, Pró-Ciência, entre outros.
Vagas
Todos os estudantes têm direito a vaga para o ensino fundamental ou médio na escola mais próxima de sua casa, o que é garantido pelo cadastramento escolar, realizado todos os anos. No entanto, caso os pais tenham interesse em matricular seus filhos em outra escola de sua escolha, a matrícula só será efetivada se aquela instituição possuir vagas disponíveis.
Acompanhamento
O início das aulas traz mudanças na rotina não apenas para professores e alunos, mas também para os pais, que devem participar ativamente da vida escolar de seus filhos e acompanhar o seu processo de aprendizagem. Para isso, é importante acompanhar os deveres de casa e trabalhos, manter contato com os professores e direção da escola, freqüentar as reuniões e outras atividades promovidas pela escola. Os pais devem acompanhar a freqüência e o rendimento de seus filhos e é obrigação da escola informá-los sobre isso.
Além disso, os pais devem ficar atentos a possíveis irregularidades como, por exemplo, a cobrança indevida de qualquer tipo de taxa. Serviços prestados pela escola, como matrícula ou emissão de documento escolar são gratuitos, sendo vedada a cobrança por eles. Sobre o uso de uniformes, cada escola pode definir se os utilizará ou não. No entanto, o uso não é obrigatório e nenhum aluno pode ser impedido de assistir aula por não estar de uniforme. Da mesma maneira, o material escolar não pode ser exigido e deve ser fornecido pela escola caso os pais não tenham condições de adquiri-los.
O peso das mochilas dos alunos também é uma preocupação constante entre pais e responsáveis. A orientação da SEE aos educadores é para que estes planejem suas aulas de forma que o estudante tenha que levar o mínimo possível de material para a escola e, assim, carregue menos peso no caminho para a escola.
No dia 1º de fevereiro, estará disponível, no Portal da Educação, a mensagem de boas-vindas do governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, e da secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola. Destinada a toda comunidade escolar, os pronunciamentos do governador e da secretária marcam o início do ano letivo na rede estadual de Minas Gerais.

Comentários