Durante esta semana, mais de 840 mil alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental serão, pela primeira vez, avaliados pelo Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar (PAAE), da Secretaria de Estado de Educação (SEE). A ação, que já é desenvolvida no ensino médio, passa a atender este ano, aos estudantes dos anos finais do ensino fundamental. Os estudantes das escolas estaduais e dos Colégios Tiradentes, ligados à Polícia Militar, farão as provas dos conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática.
As avaliações são compostas por 30 questões objetivas cada. Para ter acesso ao exame, o diretor da escola, que possui uma senha, deve entrar na página do PAAE para a impressão da prova, que possui modelo único para cada um dos quatros anos avaliados. Dentre os dias desta semana (20 a 24), as escolas podem escolher as datas para a aplicação das provas, que devem ser feitas no período regular das aulas.
As avaliações do PAAE levam em consideração os itens obrigatórios dos Conteúdos Básicos Comuns (CBCs) para as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Para orientar essa primeira ação do PAAE nos anos finais do ensino fundamental, a SEE realizou, no mês de julho, uma capacitação para técnicos das 47 Superintendências Regionais de Ensino com o objetivo de orientá-los para a divulgação do Programa nas escolas, bem como na instrução dos professores sobre a utilização do teste como suporte pedagógico.
Autoavaliação e avaliação dos alunos
Antes de aplicar aos alunos, os professores fazem a prova e lançam o resultado no sistema. A ideia é que o exame contribua para que o educador faça uma autoavaliação sobre o conhecimento que tem do conteúdo que leciona. Em seguida, o teste é aplicado aos estudantes e os resultados são lançados no sistema que, na mesma hora, apresenta o desempenho por aluno.
?O PAAE é pioneiro no Brasil, pois avalia a aprendizagem em sala de aula. Por isso é importante que as escolas participem, pois assim será possível fazer uma intervenção pedagógica imediata?, explica a diretora de Avaliação e Aprendizagem da SEE, Marineide Costa de Almeida de Toledo.
Para auxiliar na aplicação das provas, cerca de 100 analistas educacionais e especialistas que atuam na sede da SEE realizam, esta semana, visita às regionais e escolas. Durante as visitas, eles dão continuidades aos trabalhos de intervenção.
O Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar integra o Sistema Mineiro de Avaliação da Educação Pública (Simave). Também integram esse sistema, o Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) e o Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb). Tanto o Proalfa quanto o Proeb são realizados a partir de avaliações externas que apresentam um diagnóstico do sistema, viabilizando assim, a elaboração de políticas públicas educacionais.
O Simave é coordenado pela Superintendência de Avaliação Educacional da Secretaria de Estado de Educação.

Comentários