O pastor André Valadão, líder da Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte, publicou um trecho de sua pregação sobre universidades e foi criticado nas redes sociais. O líder religioso publicou um vídeo, na terça-feira (18), em que orientava os pais a não enviarem seus filhos para a faculdade.

“Se a faculdade vai acabar com a vida do teu filho, não manda ele para faculdade”, iniciou o pastor no vídeo. “Não manda. Vai vender picolé na garagem! ‘Ah, mas eu não criei meu filho para isso’. Você criou para quê? Para ele ir para o inferno?”, disse o pastor.

Valadão descreve a faculdade como um sinônimo de promiscuidade. “Criou o seu filho, para quê? Criou sua filha para quê? Para virar uma vagabunda? Ou você criou ela para ser uma mulher santa, uma mulher digna de família, cheia de Deus? Ah, ela tem um diploma e é rodada, é doida. Você sabe o filho que você tem, a filha que você tem”, afirmou.

O vídeo teve grande repercussão negativa entre usuários das redes sociais e famosos. Gil do Vigor criticou a fala do pastor. “Essas pessoas querem manipular vocês. Se utilizam da ignorância para juntar massas e dominar, porque a falta de conhecimento, a ignorância, é um prato cheio para esses manipuladores”, escreveu o economista.

Nas redes sociais, Valadão disse que a declaração foi retirada de contexto. “Tudo que falo em púlpito é com compromisso com a Palavra (Bíblia). E, mesmo não estando isento de errar, há uma distorção sobre o que foi dito por aproveitadores que discordam de qualquer coisa que for dita por mim”, respondeu em uma caixa de perguntas no Instagram.

Fonte: Estado de Minas

 

 

COMPATILHAR: