Fontes do Planalto informaram ter recebido sinalização dos ministros Supremo Tribunal Federal (STF) de que só aceitarão o convite para o encontro com Jair Bolsonaro (PL) depois de o presidente reconhecer publicamente o resultado do segundo turno. Após a resposta do STF, fontes do governo informaram à CNN que estão reunidos e avaliando o pronunciamento do presidente na tarde desta terça-feira (1).

A proposta de Bolsonaro era se reunir com os ministros e após o encontro fazer um pronunciamento público. Mas na avaliação dos Ministros do STF um encontro anterior ao pronunciamento do presidente pode gerar desgaste na imagem da Suprema Corte, caso Bolsonaro questione a lisura das urnas eletrônicas.

Desde domingo, (30), depois do resultado do pleito, que elegeu Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Bolsonaro está em silêncio e recluso no Palácio do Alvorada, presidência oficial do Presidente.

Segundo interlocutores do presidente, o objetivo de Jair Bolsonaro com a encontro seria expor o que achou de “falta de equilíbrio” de alguns integrantes do Tribunal Superior Eleitoral sobre a condução do processo eleitoral no último domingo.

 

Fonte: CNN

 

Comentários
COMPATILHAR: