O ano de 2014 foi bastante violento em Formiga. Em 1 ano, foram registrados 14 assassinatos. De acordo com levantamento feito pelo jornal de janeiro a abril de 2014, três pessoas haviam sido mortas na cidade e no mesmo período, nesse ano, não houve nenhum registro.

Todos os três assassinatos foram registrados no primeiro mês de 2014. No dia 13 de janeiro, após ficar uma semana desaparecida, o corpo de Rosana Aparecida de Faria foi encontrado enterrado em uma cova rasa, em um matagal no bairro Geraldo Veloso. A mulher foi morta a golpes de cavadeira. Todos os envolvidos foram presos e apreendidos pela polícia.

Já no dia 21, os corpos de dois jovens foram encontrados em uma estrada vicinal que dá acesso à Granja Rancho Alegre, às margens da rodovia BR-354. De acordo com os peritos, os corpos de Kenedy F. Andrade Silva, de 27 anos (Keninho), morador do bairro Rosário e Júnio Silva de Oliveira, de 23 anos (Juninho), morador da Vila Ferreira, apresentavam três perfurações, cada um, provavelmente provocadas por disparos de arma de fogo.

Os três casos foram esclarecidos pela Polícia Militar.

 

 

Em Minas Gerais

De acordo com dados da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds),os crimes violentos aumentaram cerca de 7% em Minas Gerais no primeiro trimestre de 2015, se comparados com o mesmo período de 2014. Ao todo, o estado registrou 29.384 homicídios, tentativas de homicídio, estupros, tentativas de estupros, estupro de vulneráveis, sequestros e cárceres privados, roubos e extorsões mediante a sequestro. Em 2014, foram 27.448 crimes nessas nove modalidades.

Quando analisados os crimes separadamente, o homicídio está em queda em Minas Gerais. Considerado o primeiro trimestre, houve redução de 11% no Estado. Os roubos, no entanto, cresceram 10,7%.

 

Redação do Jornal Nova Imprensa Estado de Minas

Comentários