A Receita Federal anunciou nesta sexta-feira (18) arrecadação recorde para o mês de outubro, com um total de R$88,7 bilhões em impostos. Outubro é o décimo mês consecutivo em que arrecadação de impostos foi maior na comparação com o mesmo mês de 2010. Em relação ao mês de outubro de 2010, os impostos recolhidos neste ano foram 9,05% superiores. O Refis da Crise adicionou R$1,5 bilhão à arrecadação deste mês .
No acumulado do ano, entre janeiro e outubro, a receita total foi de R$794,3 bilhões, também recorde para os dez primeiros meses de um ano desde o início da série histórica, em 1995. Em comparação com o ano de 2010, o acumulado teve alta de 12,23%. Sem a correção da inflação, isso significa um aumento de R$130 bilhões.
A Receita atribui o crescimento da arrecadação ao crescimento da economia, como o aumento da produção industrial em 1,21% e a alta nas vendas de bens e serviços, de 11,80%. O crescimento da economia em 2010 também beneficia a arrecadação de 2011, já que resulta também o aumento do Imposto de Renda. A expectativa dos economistas é que a economia cresça cerca de 3,5% em 2011.

Comentários
COMPATILHAR: