Os atletas de Formiga, João Victor Bis e Arthur Bis participaram, no sábado (4), da seletiva do Abu Dhabi Combat Club (ADCC) 2017, no Rio de Janeiro.

O maior campeonato de jiu-jitsu sem quimono do mundo valia uma vaga para o Mundial ADCC, que ocorrerá na Finlândia, em setembro. O evento reuniu cerca de 500 atletas.

As seletivas são realizadas em todos os países. As próximas estão agendadas para ocorrerem nos EUA.

De acordo com João Victor, cerca de 60 atletas participaram na categoria disputada pelos dois formiguenses, até 66 quilos. “Participamos de duas lutas cada um, vencemos uma e perdemos a outra. Mas foi ótima a experiência de participar de um evento desse porte. O importante é tentar, ir lá e competir. As regras são diferentes, mas a experiência de estar lá entre grandes nomes é única”, disse.

João Victor já havia participado da outra seletiva, realizada em São Paulo, juntamente com a atleta de Formiga Thalyta Lima, no dia 28 de janeiro.

“Mais uma vez, nós, atletas, destacamos a falta de apoio, pois temos gastos com alimentação, hospedagem e inscrição e levamos o nome da nossa cidade para um evento nacional. É importante que o atleta tenha um suporte com treinos na academia e suplementos”, completou.

Mundial ADCC

Nomes como Gabi Garcia a Vinny Magalhães, ex-campeões do evento, já estão confirmados para a disputa, e para os competidores brasileiros que querem entrar na briga as seletivas nacionais já estão marcadas.

O torneio na Finlândia conta também com a superluta entre Renzo Gracie e Matt Hughes, além do esperado duelo entre André Galvão e Cláudio Calasans.

 

João Victor Bis durante competição

Arthur Bis no tatame

Comentários