Na noite desta quinta-feira (28), autoridades e moradores de Arcos participaram de uma audiência pública em que foi apresentado o plano de ação para o combate à dengue, que será executado no fim de semana.
O governo municipal afirmar novamente que os trabalhos dependem da participação da população. Não somos incompetentes para o combate a dengue, mas somos insuficientes. Por isso é que precisamos das parcerias e da população, comentou o prefeito Claudenir José de Melo.
Uma força tarefa será realizada no final de semana, com a abertura dos postos de saúde no sábado e uma mobilização de limpeza no domingo, a partir das 7 da manhã. Os caminhões e maquinários da Prefeitura de Arcos percorrerão a cidade para a limpeza de lotes e recolhimento de potenciais focos de mosquito Aedes Aegypti.
Também esteve presente na audiência o técnico de referência em endemias da Gerência Regional de Saúde (GRS Divinópolis), Magno Luís Santos. Ele está em Arcos há três dias montando um diagnóstico da situação municipal sobre a dengue. De acordo com ele, a transmissão de dengue não é privilégio só de Arcos, porém dos 54 municípios mineiros atendidos pela GRS Divinópolis, somente em Arcos há uma infestação tão grande.
Segundo o técnico da Gerência Regional de Saúde, dos municípios que compõe o órgão, 40% apresentam altos índices de ocorrência da dengue, dentre eles Divinópolis, Itaúna, Pará de Minas, entre outras. Ele falou ainda da impossibilidade de erradicar o mosquito: ?A questão é manter a situação sob controle e a população em alerta para que se evite a infestação?.
Segundo Magno Santos, a infestação hoje é de 2%, sendo que o Ministério da Saúde preconiza 1%. Podemos esperar que em alguns dias o nível de infestação deve cair drasticamente, comentou ao falar da importância da força tarefa e da participação efetiva da população
O secretário municipal de Saúde, Evaldo Rui, também chamou a atenção para as ações de combate à proliferação do Aedes Aegypti: ?Basta fazer o básico, o ?arroz com feijão?. Ações simples de higiene são bastante eficientes para diminuir a ocorrência do mosquito? , concluiu.

Comentários
COMPATILHAR: