A nova gripe tem sido motivos de preocupação em todos os lugares e, por causa disso, as aulas na Penitenciária Regional de Formiga estão suspensas temporariamente. A previsão é de que elas retornem no dia 8 de setembro.
O diretor da penitenciária, coronel Murilo Foschete, conta que a medida foi tomada na manhã desta sexta-feira por precaução. ?Ocorreu uma reunião entre os vários diretores da Penitenciária, como de segurança, de ressocialização, de produção e também de escolas e decidimos tomar esta decisão. Até porque as aulas na penitenciária tiveram início quatro dias antes da rede pública. Informamos a decisão da suspensão na Secretaria de Administração Prisional do Estado?.
O diretor informa que a administração da penitenciária está preocupada com a possibilidade dos presos contraírem o vírus H1N1. ?Neste período mais frio, é mais propício para a contaminação. A ideia é de que os presos fiquem mais tempo em contato com o sol, antes eles ficavam duas horas fora das celas que são muito frias, agora esse tempo passará para quatro horas? .
Murilo Foschete diz ainda que há poucos dias duas funcionárias da penitenciária que estão grávidas foram dispensadas dos trabalhos, uma vez que as gestantes têm uma resistência mais baixa contra o vírus do que as outras pessoas. ?Além dessa precaução, os agentes estão usando máscaras, luvas e álcool em gel. Durante as visitas, as pessoas estão passando por técnicos de enfermagem, que verificam a pressão arterial e fazem perguntas sobre possíveis resfriados na família.
Questionado se haveria dois presos suspeitos de contaminação pela nova gripe como há boatos na cidade, o diretor negou e disse que estão adotando todas as atitudes possíveis para evitar a contaminação no estabelecimento. ?Quando o preso está em contato com o advogado ele é obrigado a usar máscara também como forma de prevenção?.

Comentários
COMPATILHAR: