O belo-horizontino não vai pagar impostos hoje, pelo menos para alguns produtos comercializados por empresas que aderiram ao Dia da Liberdade de Impostos, que está em sua sexta edição. Os preços podem ficar até 40% menores. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), Bruno Falci, anuncia que, neste ano, a novidade é a participação da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel MG).
Tradicionalmente, a manifestação tem como atrativo a venda de gasolina sem imposto, que passa a custar 40% menos. Hoje, o litro do combustível será comercializado a R$ 1,753 no posto Urbano Ferraz, no Lourdes, região Centro-Sul da capital.
O consumidor poderá comprar hoje artigos de papelaria, brinquedos, material elétrico, entre outros produtos, sem a incidência dos impostos. A manifestação também vale para bebida e alimentação em diversos bares e restaurantes, com redução de 32%, que é a média de tributação que incide na atividade.
A pizzaria Parada do Cardoso, localizada no bairro Santa Tereza, região Leste, é uma das empresas que participam da manifestação. O nosso objetivo é chamar a atenção da população para a alta carga tributária vigente no país, diz o sócio Daniel Carvalho.
O especialista em direito tributário da Khaddour & Carvalho Advocacia e Consultoria Jurídica, Thiago Carvalho, ressalta que a atual carga tributária dificulta o acesso ao consumo. Ela é excessiva, pois não tem o retorno esperado pela população, frisa.
O movimento acontece em 37 cidades no país. Em Minas Gerais, além de Belo Horizonte, Itabira e Patos de Minas também participam da manifestação.

Comentários
COMPATILHAR: