Quinze pessoas ficaram feridas depois de cair de um brinquedo em um parque de diversões em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite de sexta-feira (21).
O balanço conhecido como ?dangle?, onde as cadeiras são penduradas por grandes correntes, se soltou. Os feridos tiveram fraturas e ferimentos leves.
A assessoria de imprensa da prefeitura de Ribeirão das Neves informou que o parque não tinha alvará de funcionamento nem da administração nem do Corpo de Bombeiros. Moradores disseram que o parque chegou ao local há menos de uma semana. Nesse período, não houve fiscalizações.
A prefeitura ainda afirmou que o parque já havia sido interditado pelos bombeiros e pela administração municipal. Depois do acidente, nenhum fiscal da prefeitura compareceu ao local até a manhã deste sábado (22).
De acordo com a Polícia Militar, um funcionário do parque foi levado para a 10ª Delegacia Seccional. Ele teria dito que trabalha na montagem e bilheteria há dez anos. O empregado teria alegado que a distribuição de pessoas no brinquedo estava errada. Ele foi liberado depois de ter prestado depoimento.
O socorro foi feito pelo Corpo de Bombeiros e equipes do Samu. Todos os feridos foram levados para o Pronto-Socorro João XXIII e o Hospital Risoleta Neves, ambos em Belo Horizonte.

Comentários