A Caixa Econômica Federal registrou, até 20 de setembro, R$ 4,7 bilhões em pagamentos do abono salarial e dos rendimentos do Programa de Integração Social (PIS), para o exercício 2010/2011, com liberação dos valores conforme o mês de nascimento do beneficiado. Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro foram os que contabilizaram o maior volume de pagamentos realizados.
No Centro-Oeste mineiro 213.549 trabalhadores têm direito ao abono e 248.895 trabalhadores se beneficiarão com os rendimentos do Programa. Deste montante, 139.405 abonos e 91.539 rendimentos já foram pagos, o que representa a injeção de mais de R$ 72 milhões na economia regional.
Cerca de 18,4 milhões de trabalhadores têm direito ao Abono Salarial, em um volume de R$ 9,4 bilhões. Desses, 15,6 milhões são cadastrados no PIS, recebendo quase R$ 8 bilhões. Quanto aos rendimentos do PIS, 28,1 milhões fazem jus ao benefício, em um montante de aproximadamente R$ 1,45 bilhão. Até 20/09, foi efetivado o pagamento de 56,71% de abonos e 28,85% de rendimentos do PIS, conforme tabela a seguir:
Os trabalhadores podem retirar o abono salarial ou os rendimentos do PIS com o Cartão do Cidadão e senha nas máquinas de auto-atendimento, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, inclusive em finais de semana. Quem não tem o Cartão do Cidadão deve procurar uma agência da Caixa, levando documento de identidade e comprovante de inscrição no PIS. O abono salarial, no valor de R$ 510, pode ser sacado até 30 de junho de 2011.
O abono salarial é pago com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e a gestão do programa é feita pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Já os rendimentos do PIS são pagos com recursos do Fundo de Participação do PIS/Pasep.
O pagamento do Abono Salarial e dos Rendimentos do PIS, para o exercício 2010/2011, teve início em 11 de agosto, com liberação dos benefícios conforme o mês de nascimento do trabalhador. A Caixa iniciou ontem (21/09) o pagamento aos nascidos em novembro.

Comentários