Depois de um teste de aptidão física, um candidato de concurso em andamento da Polícia Militar (PM) do Amazonas morreu de parada cardíaca, segundo a assessoria da PM. De acordo com a assessoria, Luciano Martins Paixão, de 28 anos, passou mal durante o teste e foi levado para um hospital, onde morreu.
Antes do teste, segundo a assessoria, todos os candidatos foram submetidos a exames médicos. Para as 2,4 mil vagas estão concorrendo 54,5 mil candidatos a soldados, oficiais combatentes, praças e especialistas oficiais em saúde.

COMPATILHAR: