Uma Pick-Up Fiat Strada, placa OPJ-4326, da cidade de Alpinópolis, ocupada por um casal e uma jovem, de 18 anos, identificada como sendo sobrinha de um dos ocupantes, caiu em uma ribanceira, na altura do quilômetro 175, na MG-050, por volta das 15h desta segunda-feira (24).

Os ocupantes do veículo não se feriram e aguardavam às margens da rodovia, o reboque do veículo, que estava sendo feito por um guincho da Concessionária responsável pela MG 050, quando foram surpreendidos e atropelados por um Citroen C3, placa ETI-9195, de Mococa/SP, que seguia no mesmo sentido (Formiga/Divinópolis).
De acordo com o sargento do Corpo de Bombeiros, Danilo Castro, a condutora do veículo atropelou quatro pessoas. Além do casal, que faleceu no local, (Francisco de Assis Freire, de 51 anos e Silmara Maria Coelho Freire, de 52 anos), foram atingidos a jovem e o funcionário da Concessionária. Os dois foram socorridos pelos bombeiros, juntamente com a condutora do Citroen, Márcia Maria dos Reis, e encaminhados para o Pronto Atendimento Municipal (PAM).

Uma equipe do jornal esteve no PAM, e a informação era de que não haviam médicos cirurgiões disponíveis na Santa Casa de Caridade para atender aos feridos.
Questionadas à respeito, a administradora da Santa Casa, Mariana Xavier e a ouvidora da Saúde, Rita Salazar, informaram que o hospital já estava providenciando a vinda de um médico cirurgião da cidade de Divinópolis (Christiano) e que o mesmo deveria chegar em até 30 minutos, o que, de fato ocorreu.
Segundo informações no PAM, a jovem de 18 anos, Beatriz Baldon Coelho, permanece internada na Santa Casa e o funcionário da concessionária, Anderson Rezende, de 36 anos, foi transferido para Divinópolis.

Comentários
COMPATILHAR: