O telhado de um supermercado caiu e parte da estrutura do teto de uma quadra de escola desabou durante forte chuva em Três Corações (MG), nesta terça-feira (4).

Conforme a Defesa Civil, a chuva ocorreu nas proximidades da MGC-491 e ninguém ficou ferido. A Prefeitura decretou situação de calamidade pública pelos danos causados pelas chuvas.

 A Defesa Civil destacou que, durante a intensa chuva, o telhado do supermercado caiu. Imagens que circulam nas redes sociais mostram parte do telhado caído do lado de fora do estabelecimento.

 Há imagens que também mostram chuva caindo dentro do supermercado após o telhado ser derrubado.

Por conta da chuva, a estrutura do teto na quadra da escola estadual Clóvis Salgado desabou. A chuva também derrubou árvores em alguns locais da cidade.

O Grupo ABC informou que, para segurança de funcionários e clientes, o supermercado ficará fechado até que reparos necessários sejam realizados.

Situação de calamidade

A Prefeitura de Três Corações decretou, na tarde desta terça, situação de calamidade pública em decorrência dos danos causados pelas chuvas que caíram na cidade.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o prefeito Gordo Dentista (PSD), destacou que a prefeitura faz o possível para agilizar a aquisição de materiais e mantimentos para auxiliar as famílias afetadas mais rapidamente e pede a compreensão e colaboração de todos.

“Vamos atender todo mundo. Quero pedir calma e paciência. Se houver desabrigados, estamos à disposição para atendê-los, já tem lugar”, disse o prefeito.

Pontos para doação de telhas, lonas e mantimentos foram montados na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e na Associação Comercial.

Alerta de mais chuvas

De acordo com a Coordenação da Defesa Civil de Três Corações, a chuva intensa vai continuar na cidade e a orientação é de que os moradores que tenham tido as casas atingidas procurem abrigo com parentes, devido ao teto da escola, que já serviu como abriu, ter desabado.

A Defesa Civil informou, ainda, que a cidade está sem fornecimento de energia e internet, e que os telefones da Polícia Militar, dos bombeiros e da própria Defesa Civil estão sem contato.

Os órgãos de segurança da cidade estão espalhados pelo município para ajudar os moradores que estão sem abrigo.

Fonte: G1

 

Comentários
COMPATILHAR: