O domingo chuvoso na maior parte de Minas, somado aos excessos de velocidade, foi responsável por vários acidentes nas rodovias federais. Uma pessoa morreu na queda de um Fiat Stilo numa ribanceira na BR-381, no trevo de Ravena, Grande Belo Horizonte. Um ônibus com 45 passageiros também caiu num abismo na mesma rodovia, próximo a Oliveira, região Central do Estado. O movimento nas estradas, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi acima do normal ontem, quando muita gente voltou para a capital após as festas de fim de ano. Pequenos acidentes, provocados pela pista escorregadia e trânsito intenso, deram trabalho para a PRF ontem.
O acidente mais grave aconteceu pela manhã, a 10 km do trevo de Ravena. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Iuzete Pereira Couto, 31, morreu depois que o Stilo de São Paulo, que seguia no sentido João Monlevade, caiu numa ribanceira de aproximadamente 40 m de altura. Testemunhas informaram que o veículo saiu da pista após fazer uma curva.
Letícia Porto Evangelista, 7, Salvador do Santos Evangelista, 38, e Iva de Jesus Ferreira, 48, que também viajavam no Stilo, ficaram gravemente feridos e foram levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS), na capital. De acordo com os bombeiros, a família tinha saído de Salvador (BA).
Próximo a Oliveira, um ônibus da empresa Gontijo, que seguia de São Paulo para Diamantina, derrapou na pista e tombou, por volta das 3h de ontem. Vários passageiros tiveram ferimentos leves e foram levados para hospitais de Oliveira e Santo Antônio do Amparo. Segundo informações da PRF chovia no momento do acidente.
A pista molhada também fez com que outro carro derrapasse na estrada, na BR-262, local conhecido como Curva da Galinha, em Juatuba. Duas crianças e dois adultos tiveram ferimentos leves. Também foram registrados dois acidentes na BR- 040, sem feridos. Segundo o inspetor Aristides Júnior, chefe do núcleo de comunicação social da PRF, o tráfego nas rodovias foi mais intenso ontem do que o normal. Muita gente conseguiu emendar os feriados de Natal e Ano Novo, justificou. Até o início da noite ainda havia uma fila de carros na BR-381, na saída para Vitória.

COMPATILHAR: