A Defesa Civil de Minas Gerais informou nesta terça (27), que subiu para 31 o número de cidades que decretaram estado de emergência devido às fortes chuvas no Estado, desde outubro. Segundo o órgão, Setubinha, na Região do Vale do Jequitinhonha; São João do Oriente, na Região do Rio Doce; Raposos e Vespasiano, na Grande BH; e Conceição do Pará, no Centro-Oeste, foram os últimos municípios a confirmar a situação de emergência.
A assessoria de imprensa da Defesa Civil afirmou que, apesar de não haver mais chuva em algumas regiões, os danos causados, na época, continuam a ser enfrentados pelos moradores. Um balanço divulgado pelo órgão apontou a morte de duas pessoas, 31 feridas, 335 desabrigadas e 7.759 desalojadas. Sendo que, 93 municípios foram afetados pelas chuvas.
Veja os municípios que decretaram emergência: Paulistas, Mathias Lobato, Espera Feliz, São Sebastião da Vargem Alegre, Vieiras, Dom Joaquim, Leopoldina, Itamarandiba, Faria Lemos, Domingos da Prata, Alpercata, Abre Campo, Ponte Nova, Formiga, Buritizeiro, Mariana, Florestal, Barra Longa, Acaiaca, Belo Horizonte, Itumirim, Jacinto, Braúnas e Pará de Minas.
Um projeto de lei foi aprovado na Câmara Municipal, no dia 19 de dezembro. De acordo com o projeto, fica instituída a concessão do benefício de auxílio financeiro às famílias, com renda de até cinco salários mínimos, que foram atingidas por enxurradas ou inundações, durante a chuva que caiu na madrugada de 7 de dezembro.

Comentários
COMPATILHAR: