A chuva registrada entre a noite de terça-feira (9) e manhã desta quarta-feira (10) provoca prejuízos em diversas cidades de Santa Catarina. Parte de uma casa em construção desabou em Timbó. Na cidade de Criciúma, 30 moradores precisaram deixar as casas durante a madrugada. As ocorrências são provocadas por conta da passagem de um ciclone extratropical no Estado.

Cerca de 79 mil unidades consumidoras em Santa Catarina estavam sem fornecimento de energia até as 7h15 desta quarta. Não há informações sobre feridos.

Nesta manhã, a Defesa Civil informou que há risco ‘muito alto’ para deslizamentos, enxurradas e inundações em diversas cidades do Estado.

Sul

Em Criciúma, até a manhã desta terça 30 famílias foram retiradas de casa com auxílio da Defesa Civil por conta de alagamentos ou risco nas estruturas. Em torno de 15 pessoas foram para a casa de amigos e familiares. Outra parte foi levada para abrigos organizados pelo município.

Com o extravasamento da calha do rio que passa pela cidade, há registro de alagamentos nos bairros Sangão, Imperatriz, Vila Macarini, Vila Francesa, Vila Isabel e Cristo Redentor.

O principal ponto para abrigar as famílias é o Ginásio Municipal Irmão Walmir Orsi, no bairro São Luiz. A população também pode se abrigar no Salão Paroquial do Sangão.

Na cidade de Jaguaruna, também no Sul catarinense, a prefeitura suspendeu as aulas nesta quarta-feira por conta da previsão do tempo. Também não haverá serviço de transporte escolar.

Grande Florianópolis

Em Florianópolis, a chuva deixa o trânsito lento nesta manhã de quarta-feira. Na entrada da Ponte Pedro Ivo, que dá acesso ao centro da Capital, uma placa caiu sobre a fiação, o que deixou parte do bairro Coqueiros sem iluminação.

No bairro da Lagoa da Conceição, um automóvel rodou na pista no morro que dá acesso ao bairro nesta quarta. Há relatos de galhos na pista, que dificultam o trânsito na região.

Litoral Norte

Em Itajaí, a prefeitura atendeu ocorrências de alagamentos de ruas e duas quedas de árvore. Já em Balneário Camboriú, houve registro de quedas de árvores em alguns bairros da cidade, aumento do volume de águas no Rio das Ostras, alagamentos pontuais e queda de telhado.

Em Balneário Piçarras, na mesma região, o portal da cidade caiu nesta manhã por conta da ventania.

Segundo a Marinha, o canal de acesso aos portos de Itajaí e Navegantes foi fechado nesta manhã de quarta.

Já na cidade de Porto Belo, placas também foram arrancadas por conta do vento. Na cidade também houve deslizamento de encostas.

Fonte: G1

 

Comentários
COMPATILHAR: