O Instituto Climatempo divulgou na tarde desta terça-feira (28), um balanço sobre a onda de frio que predominou no país nos últimos dias.

Segundo o instituto, a massa de ar frio polar que atuou no Brasil entre a quinta-feira passada (23) e essa segunda-feira (27), causou recordes de frio em várias capitais do Sul, do Sudeste e do Centro-Oeste.

O ar polar passou pelo Acre e Rondônia causando a terceira friagem deste ano, mas não ocorreram novos recordes de frio nas capitais. Esta foi a massa de ar polar mais forte deste ano até agora.

Nesse fim de semana foram registrados recordes de menor temperatura na madrugada e/ou de menor temperatura à tarde nas capitais Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Campo Grande, Cuiabá, São Paulo e Belo Horizonte. O Rio de Janeiro bateu o recorde de menor temperatura do ano nessa segunda.

Menores temperaturas registradas em capitais do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste e do Norte do Brasil pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET)  até a tarde domingo (26). Em negrito, os recordes que ocorreram na passagem da massa polar:

 

Capital (UF)                       T min (°C)            T max (°C)

Porto Alegre (RS)             10,2 em 26/5     18,0 em  24/5

Florianópolis (SC)            12,9 em 26/5     22,2  em 13/5

Curitiba (PR)                     8,1 em 26/5        15,4 em 17/5

São Paulo (SP)                  11,4 em 25/5     19,5 em 25/5 e  6/2

Rio de Janeiro (RJ)          15,2 em 27/6     22,9 em 17/5

Belo Horizonte (MG)      15,0 em 26/5     20,7 em 17/5

Vitória (ES)                       18,9 em 12/5     24,1 em 18/5

Campo Grande (MS)     9,4 em 25/5        19,4 em 15/5

Cuiabá (MT)                    15,7 em 25/5     22,7 em 14/5

Goiânia (GO)                  15,0 em 20/5     23,1 em 17/2

Brasília (DF)                  14,0 em 20/5     22,7 em 16/5

Porto Velho (RO)          19,5 em 17/5     25,9 em 14/5

Rio Branco (AC)           17,2 em 17/5     23,6 em 14/5

 

Temperatura negativa

Esta foi a massa de ar de origem polar mais forte que chegou ao Brasil este ano, até agora, e permitiu a ocorrência de temperaturas abaixo de 0°C na região Sudeste, e muito próximas deste valor na região Sul.

Confira as mais baixas temperaturas registradas pelo Inmet  e pelo Epagri/Ciram:

 Quinta-feira (23)

Monte Verde (MG): 5,2°C
Parque Nacional do Itatiaia (RJ): -3,0°C

Sexta-feira (24)

Bom Jardim da Serra/Morro da Igreja (SC): 4,5°C

Sábado (25)

Urupema (SC): 2,3°C

 Domingo (26)

Bom Jesus da Serra (SC): 0,7°C

Parque Nacional do Itatiaia (RJ): -5,2°C

Segunda-feira (27)

Monte Verde (MG): 0,5°C
Parque Nacional do Itatiaia (RJ): -5,4°C

Quando vem mais frio?

Segundo o Climatempo, na virada de maio para junho, outra massa de ar frio de origem polar, moderada a forte, deve chegar ao Brasil, mas a forma como o ar frio vai se espalhar pelo país será diferente da, mas de ar que atuou na semana passada.

A nova massa de ar frio esperada para os primeiros dias de junho deve causar queda da temperatura especialmente sobre o Sul do Brasil, mas um pouco do ar frio chega sobre parte de Mato Grosso do Sul e São Paulo, talvez ao Rio de Janeiro e ao Sul de Minas Gerais.

 

Fonte: Climatempo ||

Comentários
COMPATILHAR: