Por Lorene Pedrosa 

Os vereadores Joice Alvarenga, José Geraldo da Cunha (Cabo Cunha) e Marcelo Fernandes estiveram reunidos com a secretária de Saúde de Formiga, Denise Mota, na quinta-feira (8), para tratar sobre as demissões que estão e ainda serão realizadas pela pasta, para conter gastos.

O assunto em pauta também foi debatido durante a reunião do Legislativo na segunda-feira (5), após o portal Últimas Notícias veicular matéria sobre demissões de dois médicos contratados que atuam no Programa Saúde da Família.

Durante o encontro desta quinta, a secretária afirmou que não apenas dois, como primeiramente foi informado, mas cinco médicos contratados deverão ser dispensados nos próximos dias.

Questionada pelos vereadores sobre a manutenção da qualidade nos serviços prestados à população, Denise explicou que no planejamento está previsto o remanejamento de médicos, dividindo a carga horária em, pelo menos, dois postos de saúde, cada. A secretária ressaltou que as equipes de saúde estão dispostas a colaborar com a gestão para que o serviço não fique prejudicado.

Porém, não explicou por quantas horas o profissional permanecerá no posto de saúde, uma vez que, atualmente, a carga horária de atendimento é de quatro horas diárias. As demais horas que compõem a carga horária dos médicos são trabalhadas por meio da realização de palestras e visitas aos pacientes.

Na ocasião, a secretária informou que as demissões se estenderão a outros profissionais da saúde, a exemplo de alguns cargos comissionados.

Denise se comprometeu a enviar à Câmara Municipal nos próximos dias, um relatório com todos os dados sobre as demissões e cortes de gastos efetuados pela pasta. Também enviará aos vereadores o planejamento acordado com o prefeito para manter os serviços básicos considerando as contenções.

O planejamento apresentado aos vereadores não os convenceu de que tais ações manterão a qualidade mínima dos serviços prestados aos formiguenses. “Nós, vereadores, ficamos muito preocupados com essa situação e decidimos que é imprescindível agendar uma reunião com o prefeito para debater todas essas questões a fim de que a população não seja penalizada. Saliento que o quadro já é deficitário e tal corte prejudicaria diretamente a população formiguense, uma vez que teríamos menos mão de obra nos postos de saúde da nossa cidade”, afirmou o vereador Marcelo Fernandes que compõe a Comissão Especial de Saúde, como relator.

Joyce também faz parte da mesma comissão (que é presidida por Sandromar Vieira – Sandrinho da Looping), atuando como membro. Já Cabo Cunha esteve presente ao encontro no exercício natural do cargo de vereador.

Joice comentou com a redação que segundo informações da secretária de Saúde, os cortes de despesa na área da saúde, devem representar algo em torno de R$50 mil/mês, e a penúria deve perdurar, em princípio, por 12 meses.

Primeiras dispensas

Até o início da semana, a informação era a de que apenas dois médicos seriam dispensados do Programa Saúde da Família (PSF). Um deles seria o profissional José Maria que atende no Posto de Saúde Diego Souto, localizado no bairro Nossa Senhora de Lourdes desde maio de 2017 e que vem, segundo a população, fazendo um trabalho digno de muitos elogios.

A Unidade Básica de Saúde (UBS) em questão responde a uma área que conta com 5.212 usuários, moradores dos bairros Rosa Mística, Ouro Verde, Jardim Montanhês e parte do Nossa Senhora de Lourdes.

Na sexta-feira passada (2), em reunião com Denise Mota, além do médico José Maria, Tacyanna Frade D’Carlos foi informada de que será dispensada. A justificativa dada pela responsável pela pasta, segundo apurou o Últimas Notícias, é a de que não há dinheiro para pagar todos os médicos do Programa de Saúde da Família.

Nas redes sociais, a rescisão do contrato de uma fonoaudióloga que atua em área carente do município e que atuava na reabilitação de pacientes, também foi divulgada e muito lamentada. Porém, o ouvidor municipal Welerson Andrade confirmou a dispensa, mas informou que a comunidade do bairro Eldorado não ficará desassistida, sendo que outra profissional da área, concursada, atenderá na UBS Vila Didi.

 

COMPATILHAR: