Em agosto, os brasileiros podem ver o fim dos ?cartões de plástico? do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). De acordo com informações da Receita Federal, a previsão é e que, a partir do próximo mês, todos os novos inscritos já não recebam mais o ?cartão azul? com o número do documento.
Quando o contribuinte for à Caixa Econômica Federal, ao Banco do Brasil ou aos Correios para fazer o CPF, ele sairá com o número impresso em um comprovante parecido com os emitidos em caixas eletrônicos de bancos.
Quem quiser ter um documento definitivo, poderá acessar o site da Receita após o cadastro e imprimi-lo. Apesar da mudança, o valor para a emissão do CPF não muda.Os contribuintes que se inscreverem continuam pagando R$ 5,50.
O objetivo é que ainda nos próximos meses o cadastro do CPF seja feito somente pela internet, sem a necessidade de comparecer a uma agência credenciada, mas quem já possui o ?cartão azul?, pode continuar com o documento.

Comentários
COMPATILHAR: