Um homem foi morto a tiros durante assalto na noite desse domingo (30) na zona rural de Nova Resende (MG). A esposa dele e o filho de 12 anos foram agredidos. A filha, de 17, foi ameaçada de morte. Segundo a Polícia Militar, três suspeitos fugiram levando R$ 13 mil.

O caso aconteceu em uma propriedade rural no bairro Divisa, no distrito de Petúnia. A vítima foi identificada como Aguinaldo Rodrigues Domiciano.

Segundo a Polícia Militar, a família estava em casa quando ouviu alguém chamar por Aguinaldo. Pouco tempo depois, a esposa e os filhos escutaram uma discussão do lado de fora e o barulho de pelo menos três tiros.

Logo após, a mulher foi surpreendida por três homens com o rosto coberto por toucas e armados. Conforme o registro policial, eles a agrediram com coronhadas, exigindo que ela abrisse o cofre e entregasse o dinheiro.

Aos policiais, a mulher relatou que como estava muito nervosa não conseguia se lembrar da senha. Nesse momento, os suspeitos chutaram o filho, de 12 anos, e ameaçaram de morte a filha, de 17 anos.

Após o cofre ser aberto, os homens pegaram a quantia de R$ 13 mil em dinheiro, além de um revólver calibre 22 que estava em cima do guarda-roupa. Em seguida, eles fugiram em duas motos.

Aguinaldo Rodrigues Domiciano chegou a ser socorrido por familiares e vizinhos, e encaminhado para o Hospital Santa Rita, mas não resistiu.

Ainda segundo a PM, uma filha do casal, de 9 anos, conseguiu se esconder durante o assalto. Ela disse a uma das testemunhas que teria ouvido parte da conversa entre o pai e os suspeitos.

As polícias Militar e Civil foram acionadas. Durante as buscas pelos criminosos, o celular da filha de Aguinaldo foi encontrado em uma estrada de terra, conforme informou a PM.

Na casa da família também foram encontrados objetos deixados pelos assaltantes: um boné e a chave de uma motocicleta. Foram recolhidas 107 munições calibre 22, que pertenciam a Aguinaldo e estavam dentro do cofre.

 

Fonte: G1 Sul de Minas

 

COMPATILHAR: