A Secretaria Municipal de Saúde recebeu, na manhã desta segunda-feira (11) a atualização dos óbitos que estão “em investigação” de suspeita de dengue. Até o momento, no município, não há nenhum óbito confirmado pela Secretaria de Estado de Saúde.

Em Minas Gerais, de acordo com os últimos dados divulgados, foram registradas 60 mortes pela doença. Outros 302 óbitos estão em investigação.

Em Formiga, até o momento, há três óbitos em “investigação” (dois idosos de 80 anos e um bebê de seis meses).

Confira algumas dicas que salvam vidas:

 

  • EVITE O ACÚMULO DE ÁGUA: O mosquito coloca seus ovos em água limpa, mas não necessariamente potável. Por isso é importante jogar fora pneus velhos, virar garrafas com a boca para baixo e, caso o quintal seja propenso à formação de poças, realizar a drenagem do terreno. Também é necessário lavar a vasilha de água do bichinho de estimação regularmente e manter fechadas tampas de caixas-d’água e cisternas.

 

  • COLOQUE TELA NAS JANELAS: Colocar telas em portas e janelas ajuda a proteger sua família contra o mosquito da dengue. O problema é quando o criadouro está localizado dentro da residência. Nesse caso, a estratégia não será bem-sucedida. Por isso, não se esqueça de que a eliminação dos focos da doença é a maneira mais eficaz de proteção.

 

  • COLOQUE AREIA NOS VASOS DE PLANTAS: O uso de pratos nos vasos de plantas pode gerar acúmulo de água. Há três alternativas: eliminar esse prato, lavá-lo regularmente ou colocar areia. A areia conserva a umidade e ao mesmo tempo evita que o prato se torne um criadouro de mosquitos.

 

  • SEJA CONSCIENTE COM SEU LIXO: Não despeje lixo em valas, valetas, margens de córregos e rios. Assim você garante que eles ficarão desobstruídos, evitando acúmulo e até mesmo enchentes. Em casa, deixe as latas de lixo sempre bem tampadas.

 

COMPATILHAR: