Agraciada pela Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) pela sua destacada atuação no Ministério Público do Estado de Minas Gerais, a promotora de Justiça Luciana Imaculada de Paula, coordenadora Estadual de Defesa da Fauna, não pode comparecer à solenidade oficial para receber o concedido Grande Colar do Mérito Legislativo, mas atendeu ao convite para receber a comenda em outra data.

A entrega ficou ajustada para a noite do último dia 9, numa cerimônia simples, mas para a qual a agraciada convidara amigos e familiares mais próximos. Tudo acertado com o vereador autor do requerimento, Miltinho do CGE, que reservara o espaço da Câmara para a noite, mas todos bateram com a cara na porta.

Miltinho alega ter deixado tudo acertado para a data entre o seu gabinete e o da presidente Nely Aquino que, também, segundo o mesmo Miltinho, mandara fechar a Câmara em razão de que Miltinho declarou seu voto em outro nome para a Presidência da CMBH, na eleição de segunda-feira.

Luiz Tito

Fonte: O Tempo

COMPATILHAR: