A partir desta segunda-feira (26), os detentos de Minas Gerais poderão fazer cursos superiores e profissionalizantes. Ao todo, serão ofertadas mais de 4 mil vagas. De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), a oferta dessas oportunidades é decorrente da assinatura de Termos de Cooperação Técnica com a Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais (FEAD) e com os institutos Cresça Brasil e Orion. As instituições oferecem 200 vagas no ensino superior e pelo menos 4.200 em cursos profissionalizantes.
A assinatura da parceria ocorreu na abertura do I Seminário Estadual de Educação nas Prisões, promovido pela Diretoria de Ensino e Profissionalização (DEP) da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE). O seminário terá duração de dois dias e acontece no Instituto Metodista Izabela Hendrix, no bairro de Lourdes, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. O secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, a secretária adjunta de Educação, Maria Sueli de Oliveira Dias, e a diretora da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Deise Benedito, marcaram presença na abertura do evento.

COMPATILHAR: