Na tarde desta terça-feira (7), o portal publicou a matéria intitulada ?Mulher passa mal após negativa de abastecimento de água?, em que uma dona de casa, que reside na rua Domingos Gontijo,teria desmaiado após ter o pedido de abastecimento de sua residência negado por funcionários do Saae, mesmo estando há dias com a caixa vazia.
Em nota, a administração municipal explicou que a responsabilidade por esse tipo de resgaste é do Corpo de Bombeiros, conforme acordado com a própria corporação.
Na manhã desta quarta-feira (8), o Corpo de Bombeiros enviou nota à redação do portal relatando que ?Não existe qualquer tipo de acordo conforme consta na reportagem, entre o 7º Pelotão de Bombeiros e o PAM para atendimento a ocorrências específicas, sendo que esta Fração dos Bombeiros atende, observando-se à disponibilidade de recursos, todas as ocorrências legalmente previstas para atendimento por parte dos bombeiros em Formiga e nos oito demais municípios que compõem sua área de atuação. O atendimento a ocorrências observa-se tão somente às atribuições constitucionais da corporação e aos protocolos de atendimento institucionais, não havendo nenhum tipo de vínculo ou acordo com outros órgãos e pessoas?, destaca a nota assinada pelo comandante do 7º Pelotão, Mateus Campos Cunha.
A nota confirma o que foi mencionado na matéria, que os bombeiros estavam abastecendo a Penitenciaria de Formiga e em seguida no combate ao incêndio na cidade de Iguatama, encerrado às 16h16 desta terça-feira.

COMPATILHAR: