A Holanda identificou 13 casos da variante ômicron do coronavírus entre os 61 viajantes que testaram positivo para a Covid-19, informaram as autoridades de saúde do país neste domingo (28)

“Em nossa investigação, que ainda está em andamento, encontramos até agora 13 casos da variante ômicron”, disse o Instituto Nacional de Saúde em um comunicado.

O grupo de passageiros infectados chegou ao país em dois voos vindos da África do Sul, na sexta-feira (26). No sábado foram submetidos a novos testes. Todos estão em isolamento.

O ministro da Saúde da Holanda, Hugo de Jonge, disse em entrevista coletiva que “não é improvável” que mais casos da variante apareçam no país.

“Esta pode ser a ponta do iceberg”, afirmou Jonge.

A variante ômicron do coronavírus foi classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como ‘variante de preocupação’, e diversos países restringiram viagens ao sul da África.

Também neste domingo, a Dinamarca anunciou ter encontrado a variante ômicron em dois viajantes que chegaram ao país. Elas estão em isolamento e seus contatos foram rastreados.

No sábado, a Alemanha identificou um caso da ômicron também importado. Ele foi colocado em isolamento logo após o diagnóstico positivo para a doença.

O Reino Unido, com dois casos confirmados,reforçou as medidas sanitárias e ordenou a testagem e isolamento de todos os viajantes – de qualquer país – que chegarem à ilha pelos próximos dez dias.

Passageiros que tentam retornar da África do Sul, após descoberta da variante ômicron, ficaram presos no aeroporto em meio a cancelamentos de voos e mais restrições.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: