Na décima nona semana do especial ?Formiga de Bairro a Bairro? a equipe de redação do jornal Nova Imprensa e do portal Últimas Notícias mostra os problemas e benfeitorias do bairro Santa Luzia.
Em visita ao bairro, foram identificados vários problemas em todos os setores como, saúde, infraestrutura, segurança e esporte. A principal deficiência do bairro é a falta de iluminação pública, um problema de infraestrutura que acaba gerando outros, como a falta de segurança.
Os moradores do Santa Luzia também ficam preocupados com as crianças, pois elas não praticam esporte na quadra próximo ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e sim jogam bola nas ruas e nas praças.
A presidente da Associação Comunitária do Bairro Santa Luzia, Sueli Monteiro Arouca, conta que há também muitas reclamações sobre a falta de calçamento em algumas vias e muitos lotes sujos.
Saúde
Os moradores do bairro Santa Luzia são atendidos na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Rosário, pois o local não tem posto de saúde próprio. Segundo a presidente da associação comunitária, Sueli Monteiro, a situação é bastante precária, pois a UBS do bairro Rosário está sobrecarregada de trabalho, não está conseguindo atender a todos os bairros e, muitas das vezes, os moradores madrugam na porta do posto de saúde e, mesmo assim, não conseguem ser atendidos naquele dia.
Ela também conta que é um desejo da comunidade que seja construída uma UBS no próprio bairro, para que a população não tenha que se deslocar do bairro e, o pior, muitas das vezes vão até o posto e não conseguem ter o atendimento necessário.
Segurança
O bairro Santa Luzia tem alguns problemas com a falta de segurança, pois, segundo os moradores, mesmo com a ronda constante da polícia, os baderneiros não se intimidam.
Um fator que preocupa bastante a população do bairro é em relação à iluminação pública, pois tem várias vias e praças que são muito escuras, fator que facilita a ação dos criminosos. O que deixa os moradores mais indignados é que todo mês vem a cobrança da taxa de iluminação pública na conta de luz, sendo que a iluminação no local é muito precária.
O bairro também é alvo constate dos vândalos, que já quebraram a janela da sede da associação e pincham as mesas das praças. Outro problema é em questão de arrombamentos e furtos, já arrombaram a igreja e a furtaram, como também algumas casas abandonadas, para que sirva de local de consumo e tráfico de drogas.
Infraestrutura
Também foram encontrados vários problemas de infraestrutura no bairro Santa Luzia. Segundo a presidente da associação comunitária, o que os moradores desejam que seja sanado urgentemente é a deficiência da iluminação pública.
Outro empecilho do bairro é que algumas ruas ainda estão sem calçamento, em alguns lugares os carros nem conseguem passar quando chove, porque fica bastante escorregadio. O ex-presidente da associação comunitária do Santa Luzia, Robson Marques, conta que já reclamou várias vezes com o prefeito Aluisio Veloso/PT, e sempre tinha a mesma resposta, que o pedido iria entrar no Orçamento Participativo, isso uns três anos atrás, mas até hoje nada mudou.
Tem também problemas com lotes sujos e, com a chegada do período chuvoso, deixa os moradores preocupados com o crescimento do mato, proliferação de animais peçonhentos e também do mosquito da dengue. Alguns vizinhos dos lotes sujos estão transformando os lotes em ?mini campo de futebol?, para que as crianças joguem e impeçam o crescimento da vegetação.
Com tantas construções que estão em andamento no bairro, gera outros problemas, pois muitos construtores, além de usarem o lote onde vão construir usam o passeio inteiro e mais a metade da rua para depositar os materiais de construção e entulhos. O bairro Santa Luzia também não conta com creche para os pais deixarem seus filhos.
Esportes
Em relação ao esporte, o Santa Luzia está em uma situação contraditória, pois tem uma quadra esportiva, mas, segundo a presidente da associação comunitária, não é utilizada pelos moradores, as pessoas que mais a utilizam são do bairro Rosário (Rua Nova). Os mais jovens jogam em um mini campo e em um pedaço da praça na rotatória, onde tem areia.
Atrativos e empregabilidade
O Santa Luzia tem alguns atrativos, como as festas da Igreja Santa Luzia, os moradores também elogiam bastantes a entrada do bairro, que é toda florida pelas Árvores de ipês na beira do rio. Um atrativo é o Sistema Autônomo de Água e Esgoto (Saae), por isso o bairro não sofre com a falta de água, como a maioria dos outros já visitados pela equipe de redação.
O bairro também tem uma empregabilidade diferenciada como confecções, fábrica de blocos, fábrica de antena etc.
Associação Comunitária
A Associação Comunitária do Bairro Santa Luzia é uma das poucas que tem sede própria e a presidente tem vários projetos para recreação e aprendizagem, mas, como a associação não tem verba própria, eles ainda estão no papel.
A associação trabalhava muito em conjunto com os bolsistas do Unifor-MG, fazendo vários serviços em prol da comunidade, mas este projeto acabou. A encaminha todos os problemas da comunidade até os órgãos responsáveis.

Mensagem ao Executivo
O ex-presidente da associação comunitária, Robson Marques, com o total apoio de Sueli Monteiro Arouca, a atual presidente da associação do bairro Santa Luzia, deixa a seguinte reivindicação ao poder Executivo: ?interessante que, na eleição de 2008, a gente convidou o Juarez, Aluísio e Eduardo (candidatos à prefeitura na época) a virem até a comunidade para ouvir a proposta dos moradores. O Juarez e o Aluisio foram, foi até interessante, pois ele [Aluísio] fez muitas propostas, muitos projetos eu, no meu entender, gostaria que ele levasse a sério, pois são muitas reivindicações de calçamento, estrutura, segurança, lote sujo e demais. Ele mereceu nossa confiança e agora que ele retribua com serviço. Eu também gostaria de saber do Orçamento Participativo que, para nós, foi interessante quando ele nos ajudou na construção da sede, existiam outros projetos, mas ele [prefeito Aluísio] deveria destinar o orçamento para a comunidade e não o desviar para obras de infraestrutura, que devem ser feita pela Prefeitura?.

Comentários
COMPATILHAR: