O feriado de Corpus Christi terminou com o saldo negativo de 16 mortes nas estradas federais que cortam Minas Gerais. De acordo com balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta segunda-feira (27), o número é 46% menor que o mesmo período do ano passado, quando 30 pessoas perderam a vida em acidentes.
Segundo a PRF, entre a quarta-feira (22) e o domingo (26) foram 356 acidentes que deixaram 201 feridos. Os dois números também são menores que os de 2010, quando foram registrados 467 acidentes com 261 feridos. O dia mais violento foi a sexta: seis pessoas morreram nas rodovias mineiras.
Um dos acidentes mais graves foi na manhã deste domingo. Uma menina de um ano morreu e três pessoas ficaram feridas em uma capotagem na BR-381, em Carmópolis de Minas, no Centro-Oeste mineiro.
Conforme a polícia, na altura do km 599, o condutor de um Corsa com placa de São Paulo perdeu o controle do veículo e capotou na rodovia, no sentido Belo Horizonte. Uma mulher de 29 anos, uma menina, 10, e um bebê de três meses foram levados para o Hospital de Oliveira. O motorista saiu ileso.
Lei Seca
Durante o feriado, foram realizados 1.290 testes com etilômetros. Ao todo foram 48 motoristas autuados e 15 detidos com sinais de embriaguez.

Comentários