A controladora municipal, Simone Maria Arantes, apresentou à Secretaria Municipal de Comunicação o demonstrativo da Receita Orçamentária de 2011 da Prefeitura de Formiga. No mês de fevereiro de 2011 houve uma queda na receita arrecadada para o município.
De acordo com Simone Arantes, a maior contribuição na queda foi a arrecadação do Imposto Predial Territorial Urbano (IPVA), que teve uma diferença de aproximadamente R$ 1,6 milhão. Outros fatores foram os repasses de verbas federais que foram creditadas em janeiro de 2011, o que causou naquele mês um superávit orçamentário de aproximadamente R$ 1,3 milhão. O município recebeu verbas em janeiro de 2011 para o combate à fome, Pró-Infância, Programa de Saneamento e outras que não foram creditadas neste mês.
A controladora explicou que o excesso de arrecadação ocorrido em janeiro não foi suficiente para cobrir o déficit de fevereiro. A Prefeitura enfrenta um déficit de arrecadação no 1º bimestre no valor de R$ 1,1 milhão. ?Isso significa que a arrecadação no primeiro bimestre não superou as expectativas dos valores estimados. Isso dificulta os trabalhos administrativos, pois as despesas fixas não param, e ainda existem as despesas variáveis e imprevisíveis que entram em choque com o orçamento? , contou Simone Arantes.
A receita estimada é demonstrada na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) cuja memória de cálculo acompanha o anexo de metas fiscais. As receitas são apresentadas de forma individualizada e para cada uma é feito um estudo minucioso do histórico de evolução da receita.

Comentários
COMPATILHAR: