No mês de junho, Formiga fechou com saldo positivo na geração de empregos. Houve 733 admissões contra 667 desligamentos, um saldo de 66 novos postos de trabalho conforme dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).
Na indústria de transformação, houve 202 admissões e 181 desligamentos, um saldo positivo de 21. Em serviços, houve 175 admissões e 147 desligamentos, um saldo de 28 empregos. No setor da agropecuária, extração vegetal, caça e pesca foram 98 contratações e 45 demissões, um saldo de 53 empregos.
Na contramão da geração de empregos ficou o setor de construção civil com 63 contratações e 90 desligamentos, um saldo negativo de 27. O setor de extração mineral contou com 4 admissões e 11 demissões, um saldo negativo de 7. No comércio, 191 contratações e 192 demissões, saldo negativo de 1. Na administração pública, Formiga teve um desligamento e nenhuma admissão.
Em Minas Gerais
Minas Gerais foi o campeão nas contratações formais em junho no país, com saldo de 38.484 postos, superando São Paulo, com 25.196, de acordo com dados do Caged.
Apesar do destaque de Minas, o desempenho não é dos melhores na comparação com junho de 2011, quando o saldo foi de 45.021, queda de 14,5%. Entretanto, frente a maio, o resultado mineiro de junho foi 17,7% superior. Naquele mês, a diferença entre contratações e demissões somou 32.684.

Comentários