O governo de Minas Gerais espera um novo pico de casos de Covid-19 nos próximos dias.

Segundo o estado, nas duas primeiras semanas de julho está previsto um aumento de infecções maior do que 122%, taxa de incidência da última semana.

Para enfrentar esse cenário de crescimento das contaminações, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) reforça o pedido para que a população mantenha a vacinação contra a doença em dia.

Entre as crianças, menos da metade está com a imunização completa: 44,91% do público de 5 a 11 anos tomou as duas doses. Já entre os adultos, 62,11% receberam o primeiro reforço, e 17,5%, o segundo.

A médica infectologista Raquel Bandeira diz que o reforço é tão importante quanto as primeiras doses, já que a proteção da vacina vai diminuindo com o passar do tempo.

“A importância de se vacinar para a Covid e manter o cartão de vacina atualizado com as doses de reforço é: primeiro, você se protege de se infectar. Se você se infectar, se infecta com uma doença menos grave, com menos risco de desenvolver complicações e óbito, e você tem menos chance de transmitir essa doença para algum familiar querido, algum amigo querido, alguém próximo de você”, afirma.

Fonte: G1

 

Comentários
COMPATILHAR: