É grande a expectativa para a construção da Hidrovia do Lago de Furnas, que ligará Formiga a Alfenas, beneficiando diversos municípios banhados pelo lago. No dia 9 de abril deste ano, foi realizado em Formiga um seminário para debater o assunto. Na ocasião, o deputado federal Jaime Martins/PR, que é o presidente da Comissão de Transportes da Câmara dos Deputados e um dos interlocutores para a instalação da hidrovia, anunciou que o governo federal iria liberar uma verba de R$300 mil para o início dos trabalhos.
Conforme ofício enviado pelo deputado ao Ministro de Estado de Transportes, Paulo Sérgio Passos, datado de 27 de abril, o parlamentar reiterou a solicitação para a liberação de recursos financeiros por meio do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), no valor de R$300 mil, para a realização de estudos de viabilidade técnica, ambiental, econômica e financeira da Hidrovia do Lago de Furnas.
Os estudos deverão ser feitos pela Universidade Federal de Itajubá, em cooperação com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e com o governo de Estado de minas Gerais. No documento, o deputado Jaiminho Martins ressaltou que a hidrovia é importante para desafogar a produção da região do entorno do Lago de Furnas e também para melhorias das condições da exploração turística de uma das mais belas regiões de Minas.
Na quarta-feira (26), o deputado Jaime Martins recebeu a confirmação da liberação dos recursos. Em entrevista ao jornal Nova Imprensa e ao portal Últimas Notícias, ele informou que serão destinados um pouco mais de R$300 mil para o estudo de viabilidade e para o projeto básico, que define o tráfego, a sinalização noturna, onde ficariam os portos/ancoradores e outros detalhes. Jaiminho Martins ressaltou que a hodrovia é um viés turístico e de cargas e que será feito um convênio de cooperação técnica com a Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago), além de outros parceiros e as prefeituras que se dispuserem a cooperar com os estudos.
O parlamentar informa que os recursos do Dnit já estão disponíveis e que a expectativa é de concluir os estudos de viabilidade em um prazo de seis meses. A Alago e os demais órgãos envolvidos farão, em breve, a assinatura do convênio com o Dnit.
Verbas para o Pronto Socorro
O deputado federal Jaime Martins também comunicou a liberação efetiva dos primeiros R$300 mil para a construção do Pronto Socorro em Formiga, disponibilizados pelo governo federal na semana passada. Segundo o parlamentar, o município também será contemplado com uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no valor de R$1,5 milhão. A UPA poderá substituir o Pronto Socorro e, se efetivada a liberação, os recursos destinados para o Pronto Socorro poderão ser revestidos para outros investimentos da saúde no município.

Comentários