O presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de Gás Liquefeito do Petróleo (Asmirg), Alexandre Borjaili, alerta para a possibilidade de faltar gás para a população de Minas Gerais a partir da tarde desta quinta-feira (9), em função da greve dos caminhoneiros, que ocorre em Minas e em outros Estados do Brasil. A informação foi publicada por ele em vídeo na manhã desta quinta.

“Hoje nós temos relatos de várias regiões do Brasil informando que já estão vivenciando a crise de abastecimento em função da greve dos caminhoneiros. As companhias já estão alertando as revendas para a falta do gás a partir de hoje à tarde, e isso em Estados como Minas Gerais. É uma situação delicada”, afirma.

Ainda na gravação, Alexandre fala que fazer greve dos caminhoneiros em um momento de pandemia é algo muito perigoso. “O ato de greve é importante, mas você não pode tirar o direito de vida das pessoas, dos mais pobres principalmente”, comenta.

No vídeo, o presidente ainda orienta que os revendedores de gás que tenham retidos caminhões retidos a procurar a Polícia Militar para não serem impedidos de seguirem viagem. “Não podem reter caminhões de gás de cozinha”, afirma.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: