A Groenlândia registrou nos últimos dias temperaturas de 20 e até 30 graus acima da média para esta época do ano, informou nesta quarta-feira (22) o Instituto Meteorológico Dinamarquês (DMI).

Nuuk, a capital da Groenlândia, registrou 13ºC na segunda-feira (20) — contra uma temperatura média de -5,3ºC nesta época do ano.

O termômetro tem ficado no positivo em muitos pontos do imenso território ártico. Em Qaanaaq, ao norte, a temperatura chegou a 8,3ºC — contra uma média de -20,1ºC.

“Uma das razões pelas quais vemos altas temperaturas é o fenômeno meteorológico de ‘foehn’, um vento quente bastante comum na ilha”, afirma Caroline Drost Jensen, climatologista do DMI.

Jensen destacou, no entanto, que não é normal que o fenômeno “ocorra em uma área tão vasta e simultaneamente durante um longo período de tempo” — embora esse acontecimento não seja inédito.

Além disso, as temperaturas registradas neste ano não ultrapassaram as maiores temperaturas máximas já registradas nem as máximas dos últimos 30 anos para o mês de dezembro.

No verão passado, uma onda de calor provocou um episódio de degelo “maciço” da calota polar no Oceano Ártico, com perdas de 8 mil toneladas de gelo por dia (o dobro da média do verão).

Em agosto, choveu no pico mais alto da Groenlândia (3.216 metros), algo nunca visto antes.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: