A guerrilha colombiana do Exército de Libertação Nacional (ELN) libertou neste domingo (20), unilateralmente, nove de seus reféns, que foram entregues à Cruz Vermelha, informaram autoridades civis do departamento de Nariño.
Os seqüestrados, duas mulheres e sete homens, foram entregues ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR), em uma afastada Zona Rural do município de Samaniego, anunciou o governador do departamento de Nariño, na fronteira com o Equador, Antonio Navarro.
Os ex-reféns estão em boa condição de saúde, disse o governador, acrescentando que a libertação aconteceu neste domingo, no final da tarde.
Os sete homens são motoristas, que foram seqüestrados no dia 2 de janeiro. Ainda não há informações sobre as duas mulheres.
O governador destacou o trabalho de mediação do CICR e comentou que o ELN tomou a decisão humanitária.

Comentários