A Holanda conseguiu zerar o número de cachorros de rua – todos agora têm um lar. Atualmente o país também é conhecido por ser um dos mais “pet-friendly” – ou “amigáveis para pets” – do mundo. Bares e restaurantes que aceitam animais são comuns.

É mais que isso. A Holanda é o primeiro país do mundo a arranjar um lar para todos os cãezinhos de rua. São quase dois milhões em todo o país. É raríssimo encontrar um cachorro sem dono vagando pelas ruas.

A batalha para isso acontecer começou há mais de 100 anos, quando o governo holandês e instituições de proteção se uniram para implementar a primeira lei de direitos dos animais.

Antes disso, cães eram obrigados a ficar nas coleiras e usar focinheiras. E esquadrões da morte matavam cachorros de rua.

Essa lei de proteção aos bichinhos foi passando por alterações cada vez mais rígidas. Hoje, quem maltratar ou negligenciar os animais pode pegar até cinco anos de prisão e pagar uma multa de 90 mil euros – quase meio milhão de reais.

A ligação entre cães e humanos é registrada também em um microchip, obrigatório para animais de estimação na Holanda. Ele fica instalado atrás da cabeça dos cães – então, caso algum cão se perca, a polícia pode ler as informações do chip como o telefone para contato e nome do dono. E assim os dois podem voltar a se encontrar.

Fonte: G1/Fantástico

COMPATILHAR: